19 de Macro do Ano Livre 24
Agitação do Vento, Ano 49 do 190º Ano-Rei



Buscar
em

Artigo: Linha Temporal de Athas Artigos

1ª Era do Mundo (-14.630)

Fúria de Ral
Criação das Eras-Rei pelos mestres da natureza baseadas na rotação das duas luas de Athas. Originalmente intitulada 'Era do Mundo'. O calendário original usava 'Oceano' ao invés de 'Silte' e 'Ilha' ao invés de 'Deserto'.

4ª Era do Mundo (-14.322)

Dormência do Oceano
Descoberta dos dobradores da natureza, mestres da natureza corrompidos que fazem experimentos imorais com a vida.

Dormência do Rei
Primeira aparição de clérigos elementais em Athas.

Agitação do Inimigo
Clérigos elementais malignos formam uma aliança com os dobradores da natureza.

7º Era do Mundo (-14.091)

Agitação da Ilha
Guerra entre os mestres da natureza e os dobradores da natureza que dura até a Vingança de Ral desta era. No final, os dobradores da natureza e seus aliados clérigos são derrotados.

8ª Era do Mundo (-14.014)

Desafio de Ral
Mestres da natureza de Tyr'agi tentam aumentar a força vital do oceano e acidentalmente criam a Maré Marrom ? que dá um fim à Era Azul.

Reverência do Amigo
Os Mestres da natureza sobreviventes criam a Torre Prístina para destruir a Maré Marrom. Este ato muda o sol de azul para amarelo, destruindo a civilização halfling e trazendo o Renascimento.

Agitação da Ilha
As novas raças do Renascimento - humanos, gnomos, anões, elfos, e outros ? aparecem sobre a superfície de Athas. Grandes cidades como Tyr, Bodach, e Giustenal são fundadas para abrigar as novas raças. As palavras 'Ilha' e 'Oceano' são usadas pela última vez no Calendário das Eras do Mundo. Início da Era Verde.

Dormência do Rei
O Soberano dos rhul-thraun, o Alto Lorde Rhan Thes-onel, deixa os Penhascos Serrados para localizar qualquer rhulisti remanescente. Ele nunca retorna.

Fúria de Guthay
Primeiro uso de poderes psiônicos pelas raças do Renascimento.

9º Ano-Rei (-13.937)

Fúria de Ral
"Era do Mundo" mudada para Ano-Rei pelos regentes de várias cidades. As datas continuam as mesmas.

Vingança de Ral
O Mensageiro é visto pela primeira vez, pelo que consta nos registros, por um astrônomo tyriano. O cometa aparece a cada 45 anos até o 190° Ano-Rei/Dormência do Inimigo, quando o ciclo é misteriosamente quebrado.

11º Ano-Rei (-13.783)

Fúria do Inimigo
Nascimento de Rajaat o Arauto da Guerra.

55º Ano-Rei (-10.395)

Reverência de Ral
Os thri-kreens de Athas, uma raça previamente considerada não inteligente, migra da Savana Escarlate para a Região de Tyr. Apesar de viverem pouco e terem aparência alienígena, os thri-kreens possuem grande sabedoria e discernimento. O atual rei de Tyr lhes dá as boas-vindas com os braços abertos. Eles não explicam o porquê da migração.

66º Ano-Rei (-9.548)

Desafio do Vento
Mareet, regente de Saragar, é visitado por um viajante do futuro. Ele avisa ao rei de uma desgraça iminente para Athas antes de desaparecer. Obcecado com o aviso, Mareet ordena a seus mais poderosos psiônicos perfurarem o tecido do tempo e determinar a natureza da ameaça. A eles se une depois um terceiro psiônico.

Dormência do Deserto
Os psiônicos quebram a barreira do tempo e descobrem a iminente Guerra Purificadora, Rajaat, e a magia profanadora. Mareet quer avisar todo Athas, mas os psiônicos discordam e tomam controle de seu líder. Os três usam seus formidáveis poderes para proteger Saragar do resto do mundo. Os Senhores da Mente nascem.

78° Ano-Rei (-8.624)

Dormência do Amigo
O regente atual de Urik persegue os kreens e ordena a morte de todos de seu tipo na cidade. Muitos thri-kreens fogem das cidades e começam a viver nos ermos. A migração dos thri-kreens do oeste chega ao fim.

81° Ano-Rei (-8.393)

Agitação do Silte
Rajaat chega à base dos Penhascos Serrados e conduz experimentos com os poderes da vida pelos próximos 200 anos.

84° Ano-Rei (-8.162)

Desafio do Rei
Depois de quase dois séculos de experimentos Rajaat descobre os fundamentos da magia, mas é quase morto no processo. Depois de se recuperar ele deixa os Penhascos Serrados e viaja até a Torre Prístina para refinar o processo, criando a magia preservadora e a profanadora. O Tempo da Magia começa.

87° Ano-Rei (-7.932)

Dormência de Ral
Um desastre desconhecido cai sobre a cidade de Celik e a deixa em ruínas. Os sobreviventes culpam o uso descuidado de psionismo.

123° Ano-Rei (-5.159)

Fúria do Vento
O batedor halfling selvagem Too'lane descobre a Última Árvore no topo de uma montanha na Floresta das Montanhas. A localização deste antigo artefato vivo é mantida em segredo pelos halflings.

125° Ano-Rei (-5.005)

Reverência de Guthay
Depois de três eras de estudo, Rajaat emerge da Torre Prístina para ensinar mágica às raças do Renascimento. Ele ensina magia preservadora abertamente, e magia profanadora em segredo para os de caráter 'questionável'. Nos próximos 1.500 anos Rajaat estuda como a magia interage com as raças do Renascimento, e decide que humanos têm o maior potencial de todos para se adequar às suas necessidades.

134° Ano-Rei (-4.312)

Agitação do Rei
Rajaat começa um jihad contra os preservadores de Athas pelos próximos mil anos. Preservadores de todos os lugares se escondem enquanto lutam uma batalha sem futuro contra os seguidores de Rajaat.

144° Ano-Rei (-3.542)

Contemplação do Sacerdote
Rajaat manda quase todos seus estudantes embora, com exceção de alguns poucos. Usando o poder da Torre Prístina e da misteriosa Lente Negra, Rajaat cria seus Campeões. A cada Campeão é ordenado eliminar uma raça específica da superfície de Athas, numa tentativa de retornar à Era Azul. As Guerras Purificadoras começam.

147° Ano-Rei (-3.311)

Dormência do Rei
Sacha de Arala, 1ª Campeão de Rajaat, elimina o último dos kobolds da face de Athas.

155° Ano-Rei (-2.695)

Desafio de Ral
Daskinor Morte Goblin, 14° Campeão de Rajaat, extermina o último goblin da face de Athas.

Dormência de Ral
Wyan de Bodach, 12° Campeão de Rajaat, oblitera o último pixie de athas.

156° Ano-Rei (-2.618)

Contemplação do Amigo
Uyness de Waverly (depois conhecida como Abalach-Re), 5ª Campeã de Rajaat massacra o último dos orcs da face de Athas.

160° Ano-Rei (-2.310)

Desafio de Guthay
Kalak, 2° Campeão de Rajaat, mata o último dos ogros de Athas.

Reverência de Ral
Gallard (depois conhecido como Nibenay), 6° Campeão de Rajaat, massacra o último gnomo de Athas.
Keltis, Executor dos Homens-Lagarto, chega a Saragar apesar dos poderes dos Senhores da Mente. A astúcia dos Senhores da Mente esconde toda a população de homens-lagarto do Campeão e ele logo parte do Último Mar.

Reverência do Deserto
O Primeiro Feiticeiro ordena à profanadora Qwith explorar os Planos Interiores como possíveis meios de poder.

Fúria do Vento
As grandes cidades de Ebe, Waverly e Arala são engolidas pelo Mar de Areia em expansão, apesar de depois recender de Waverly. A cidade de Bodach é poupada, mas é cercada por silte.

Vingança da Montanha
O lorde guerreiro Irikos, braço esquerdo de Rajaat, saqueia a cidade de Bodach ? mas é morto no final da batalha. Sua espada (uma criação de Rajaat), a Silenciadora, é perdida por 2.000 anos.

161° Ano-Rei (-2.233)

Fúria de Ral
Furioso pela falta de progresso de Qwith, Rajaat coloca a pesquisa dos Planos Interiores para os subordinados dela. Logo depois, um acidente de origens desconhecidas abre um portal para os Planos Interiores, e obsidiana corre por centenas de quilômetros em todas as direções até o portal ser fechado pela Sétima Árvore. Milhares morrem no desastre.
Aqueles mortos pela obsidiana retornam como mortos-vivos devido a uma misteriosa forma de poder dos Planos Interiores. Os servos de Rajaat se tornam os regentes desta terra, transformando-se em poderosos mortos-vivos sencientes magos e psiônicos. As Terras Mortas nascem.

Agitação do Silte
Toda vida da planície de obsidiana é obliterada exceto pela Sétima Árvore, que se torna imune à magia profanadora. Logo após, o profanador morto-vivo Gretch descobre a magia necromântica para repor a perda da magia profanadora. A magia necromântica nasce.

162° Ano-Rei (-2.156)

Reverência do Amigo
Keltis (depois conhecido como Oronis), 10° Campeão de Rajaat, acredita ter exterminado o último dos homens-lagarto. Na realidade muitas tribos sobrevivem, protegidas pelos Senhores da Mente.

Dormência do Vento
Tectuktitlay, 9° Campeão de Rajaat, destrói os últimos wemics em Athas.

163° Ano-Rei (-2.079)

Vingança do Rei
Myron de Yorum é substituído como Queimador dos Trolls por Manu de Deche, depois conhecido como Hamanu de Urik. Ele recebe a espada Queimadora, criada por Rajaat, para completar sua tarefa.

164° Ano-Rei (-2.002)

Contemplação do Amigo
Hamanu, substituto do 4° Campeão de Rajaat, mata Pilhavento ? o último troll de Athas e rei de seu povo.

Vingança do Deserto
Rkard, o último rei anão de Kemalok, é morto por Borys de Ebe num combate mortal ? apesar do próprio Borys ser mortalmente ferido. Os atendentes do Campeão o levam do campo de batalha deixando sua espada Flagelo, ainda cravada no peito do anão. Antes dele poder reaver a espada, Hamanu conta a Borys os verdadeiros planos de Rajaat para Athas.
Descobrindo que Rajaat pretende eliminar todas as raças menos os halflings, Borys lidera os Campeões em uma rebelião contra seu mestre ? do qual eles emergem vitoriosos. Os servos halflings de Rajaat são banidos para o negro como punição por se aliar com o Arauto da Guerra.
Apesar de seu poder, os filhos de Rajaat não conseguem destruir seus restos mortais. Ao invés, Gallard separa a essência do Primeiro Feiticeiro de sua forma física, colocando-os em localizações separadas. Ajudado pelo poder da Lente Negra, Gallard cria o Vazio, onde coloca a essência de Rajaat. Gallard então cria um cisto de pedra encantada chamada a Esfera Negra onde ele coloca a substância de Rajaat. Ele então oculta a Esfera negra num local conhecido somente por ele e por Borys de Ebe.
Sacha e Wyan, que permaneceram leais ao seu mestre, tentam romper o cisto antes dele ser escondido. Seus planos são descobertos e eles são decapitados por Borys.
Através do uso da Lente Negra, Borys recompensa os Campeões remanescentes iniciando a sua transformação em reis-feiticeiros. Este processo liga-os a vórtices vivos, permitindo-lhes conceder a seus seguidores magias clericais.
Os Campeões percebem que a prisão de Rajaat não irá agüentar. Mesmo segmentado, o poder de Rajaat é supremo e um dia conseguiria se libertar. Então, os Campeões usam novamente o poder da Lente Negra para transformar Borys no Dragão, cujo poder manteria Rajaat aprisionado por todo o tempo.
A transformação de Borys o deixa temporariamente insano, começando um século de ataques em Athas. Na confusão, dois cavaleiros anões chamados Jor'orsh e Sa'ram roubam a Lente Negra. Os reis-feiticeiros remanescentes reivindicam cada uma das cidades de Athas e fazem barricadas para protegê-las do Dragão enlouquecido.

Fúria do Amigo
Liderados por Abalach-Re, de Raam, os reis-feiticeiros invadem Giustenal e matam Dregoth, Destruidor de Gigantes, logo antes dele se tornar um dragão completo. A batalha destrói a cidade, a terra e a maioria da população. Após isso, Hamanu lança a Queimadora no Mar de Areia.
Com a ajuda de seu alto templário Mon Adderath, Dregoth volta à vida como rei dragão morto-vivo. A população sobrevivente é reunida logo após e a construção da Nova Giustenal começa.

165° Ano-Rei (-1.925)

Desafio do Vento
Borys emerge de sua insanidade e descobre que a prisão de Rajaat está à beira do colapso. Logo após ele coleta uma tropa de 1.000 escravos de cada rei-feiticeiro, usando a força vital deles para selar a prisão do Primeiro Feiticeiro em um ciclo anual.
167º Ano-Rei (-1,771)

Agitação de Ral
Numa tentativa de aumentar seu poder, Sielba, Rainha de Yaramuke ataca Urik. Hamanu facilmente derrota seu exército e pessoalmente mata a rainha-feiticeira. Após a vitória, os exércitos de Urik saqueiam Yaramuke e incendeiam a cidade. Para aplacar a ira do Dragão por ter matado uma rainha-feiticeira, Hamanu presenteia Borys com uma remessa de riquezas de Yaramuke ? que agrada à besta e poupa Urik.

Desafio do Silte
Borys usa o saque ganho de Yaramuke para construir Ur Draxa, que se torna a maior cidade em todo Athas. No centro da cidade Borys coloca a Esfera Negra para que ele e sua cidade possam proteger.

Agitação do Inimigo
Os reis-feiticeiros invocam um jihad contra os druidas de Athas. Pelos próximos três séculos o sangue dos druidas mancha as areias de vermelho no que seria conhecido como a Erradicação.

168° Ano-Rei (-1.694)

Fúria do Deserto
Depois de anos de estudo, Dregoth finalmente decifra os registros halfling achados nas cavernas sob Giustenal. O resultado final é a criação dos drays de primeira geração, que Dregoth considera um fracasso e os bane para Kragmorta.

Desafio do Amigo
O profeta thri-kreen Ka'Cha começa a primeira de uma séria de jornadas pelos Planaltos para espalhar palavras de paz e iluminação aos thri-kreens, assim como às outras raças.

Fúrias de Guthay
Depois de vários outros fracassos Dregoth obtém sucesso em seus experimentos e a segunda geração de drays é criada à sua imagem.

170° Ano-Rei (-1.540)

Dormência de Guthay
Dregoth, Destruidor de Gigantes, descobre o portão planar. Após uma década de pesquisa, ele usa o aparelho para viajar pelos Planos Exteriores de existência pelos próximos 19 séculos.

Dormência do Vento
Depois de serem quase varridos da superfície de Athas, os druidas restantes se escondem pelos próximos 1.000 anos em um lugar secreto na Florestas das Montanhas.

171° Ano-Rei (-1.463)

Reverência do Silte
Daskinor Morte Goblin fica insano após sua remessa anual e cria um exército para matar o Dragão quando de seu retorno no próximo ano. Borys descobre seu esquema, e não precisando da remessa para manter a prisão de Rajaat nunca retorna.
Keltis, Executor dos Homens-Lagarto, tem uma crise de consciência e desiste de ser rei-feiticeiro. Nós próximos séculos ele se esforça para se tornar algo mais nobre. Por causa dos acontecimentos próximos de Daskinor, Borys nunca retorna a Kurn e ambas as cidades se tornam isoladas do resto de Athas.

174° Ano-Rei (-1.232)

Contemplação do Rei
Numa tentativa de aumentar seu poder, Kalid-Ma tenta acelerar sua metamorfose dragão para um nível próximo ao de Borys de Ebe. A tentativa é bem-sucedida, mas sua mente é destruída no processo. O dragão que era Kalid-Ma destrói a cidade de Kalidnay e começa a se mover para o resto da região de Tyr. A criatura é depois destruída pelos esforços combinados de Borys de Ebe, Kalak de Tyr, e Hamanu de Urik.
Com a perda de Kalidnay, a remessa 1.000 escravos para manter Rajaat aprisionado se torna mais rígida para os sete reis-feiticeiros restantes.

177° Ano-Rei (-1.001)

Reverência de Guthay
Um poderoso Druida chamado Tehnik cria os quatro artefatos conhecidos como Corações dos Drakos e morre no processo.

179° Ano-Rei (-857)

Desafio do Silte
Tarandas de Raam, uma poderosa psiônica e professora na região de Tyr, desaparece sem deixar vestígios. Seus estudantes insistem que ela se aventurou além de seu domínio do Caminho em reinos invisíveis por seres inferiores.

183° Ano-Rei (-539)

Fúria de Guthay
Com a ajuda de um mago chamado Besteren, Oronis (conhecido antes como Keltis) desenvolve a magia de metamorfose preservadora para anular a magia vil de Rajaat. O feitiço quase o mata, mas no final, Oronis emerge como o primeiro avangion de Athas.

184° Ano-Rei (-462)

Fúria do Rei
Oronis dá a magia de metamorfose preservadora ao preservador/psiônico chamado Nerad, que se torna o Segundo avangion de Athas.

Fúria do Vento
Após se revelar à Aliança Velada de Tyr, Nerad é descoberto pelo Rei Kalak ? que contata o Dragão. Borys depois mata Nerad ao sul de Tyr. Em sua tristeza, Oronis esconde todas as cópias da magia de metamorfose preservadora.

187° Ano-Rei (-231)

Vingança de Ral
A Silenciadora é descoberta por uma elfa chamada Rimmon nas ruínas de Bodach, que usa seu poder para liderar sua tribo de bandidos contra a cidade-estado de Balic. Ela é facilmente derrotada por Andropinis, mas a Silenciadora é perdida novamente.

189° Ano-Rei (-77)

Dormência da Montanha
O Homem de Obsidiana é descoberto perto das minas de Urik. Depois de devolver o artefato a Urik, o sinistro aparelho se ativa e quase mata Hamanu antes dele aprender a controlá-lo com um diadema dourado.

Desafio do Rei
Um psiônico desconhecido descobre a presença dos psurlons, uma poderosa raça de criaturas parecida com vermes, no Plano Astral. Com seu próprio mundo tendo sido destruído um milênio atrás, alguns psurlons migraram para Athas onde a natureza psiônica do mundo os torna poderosos inimigos.

Agitação do Inimigo
A Queimadora é recuperada da barriga de um horror do silte por um ex-gladiador chamado Vorr. Logo após Vorr desaparece no Vale de Trevain.

Agitação do Rei
Andropinis de Balic não consegue os 1.000 escravos para o sacrifício anual, apresentando ao Dragão apenas 900. Em sua fúria Borys destrói uma porção da cidade e pega o restante dos templários de Andropinis. Durante os próximos anos o rei-feiticeiro de Balic faz grandes caçadas a escravos nos Planaltos do sul a fim de reconstruir sua população de escravos para que isso nunca mais aconteça.

190° Ano-Rei

Vingança do Amigo
Um templário de Urik remove o diadema dourado da cabeça do Homem de Obsidiana, que se anima e o mata. O artefato é mais tarde rastreado pelas ruas de Urik, mas desaparece no deserto.

Dormência do Deserto
Após anos de investigação sobre a morte de Nerad, um preservador/psiônico chamado Korgunard descobre sobre Oronis de Kurn. Apesar de estar relutante de ter outra morte em suas mãos, Oronis lhe dá uma magia de metamorfose preservadora ? mas não lhe permite manter uma cópia.

Desafio do Sacerdote (Ano Livre 1)
O rei Kalak de Tyr é morto pela Lança Coração-de-Madeira através dos esforços combinados de Rikus, Agis, Neeva, Tithian e Sadira. Tithian se torna o próximo rei de Tyr e liberta todos os escravos. Tyr adota o calendário do Ano Livre.

Reverência do Vento (Ano Livre 2)
Hamanu de Urik envia seus exércitos para capturar as minas de ferro de Tyr do novo rei. Em resposta, Rikus forma a Legião Carmesim e derrota o exército usando a Flagelo de Rkard e o Cinto dos Reis. Depois Rikus leva a Legião Carmesim para saquear Urik na busca do Livro dos Reis Kemalok, mas é derrotado pelo próprio Hamanu. A Legião Carmesim é destruída, apesar de alguns sobreviverem. Rikus devolve o Cinto dos Reis para Kled, ganha o direito de manter a Flagelo.
O rei Andropinis paga um extra de 1.000 escravos para compensar a parte de Tyr na remessa.
Ajudado pela Aliança Velada de Urik, Korgunard se torna o terceiro avangion de Athas.

Agitação do Dragão (Ano Livre 3)
Numa tentativa de proteger Tyr do Dragão, Sadira busca a Torre Prístina e sua antiga mágica. Em retorno de seu juramento de matar Borys de Ebe os gigantes das sombras da Torre Prístina a transformam na Maga do Sol, dando poderes semelhantes aos de um re-feiticeiro.
Evitando Tyr, o Dragão tenta pegar sua remessa anual dos anões da cidade de Kled. No final ele é rechaçado por Sadira e Rikus usando sua antiga espada Flagelo. Durante a batalha Neeva pare seu filho mul chamado Rkard, que recebe esse nome por causa do rei anão que lutou contra Borys 2.000 anos atrás.
Pelos próximos anos o Rei Tithian de Tyr secretamente supre o Dragão com a remessa de 1.000 escravos capturados das vilas próximas.

Fúria da Montanha (Ano Livre 4)
O antigo artefato Psionatrix é ativado pela Ordem, uma poderosa organização de psiônicos puristas, anulando psionismo através dos Planaltos e levando os thri-kreens a uma fúria insana. O avangion Korgunard é assassinado enquanto tentava convencer os membros da Ordem a desativar o Psionatrix. Um dos membros, um halfling chamado Pakk, consome os restos do avangion.
Dentro de uma reentrância da Coroa do Dragão, o Psionatrix é desativado e vários membros da Ordem são assassinados. Os restos do artefato misteriosamente desaparecem.

Vingança do Silte (Ano Livre 6)
Liderados pela Rainha Trinth, os Githyanki do Plano Astral descobrem uma maneira segura de atravessar o Cinza e invadem Athas através das Montanhas da Espinha Negra. Os planos dos githyanki são frustrados por um grupo de heróis que atravessa o portal e mata a rainha. Com Trinth morta, o portal desaparece.

Dormência do Inimigo (Ano Livre 7)
O cometa conhecido como Mensageiro pára de aparecer na época prescrita e muitos nos Planaltos tomam como um sinal de destruição iminente.

Reverência de Ral (Ano Livre 9)
Armado com a informação roubada dos anões de Kled, Tithian descobre a localização oculta da Lente Negra ? que ele pode usar para se tornar um rei-feiticeiro. Agis de Asticles se une a ele e relutantemente o ajuda em sua missão. Após a dupla reaver a Lente Negra, Tithian mata Agis.

Agitação do Amigo (Ano Livre 10)
Dregoth retorna a Nova Giustenal dos Planos Exteriores com aspirações de se tornar um deus. Incerto da condição de Athas, ele envia seus templários à superfície para aprender sobre o estado da região de Tyr, descobrindo muito tarde sobre os eventos que levaram à morte de vários Campeões.
Sadira mata Abalach-Re na Planície de Marfim usando a ponta quebrada da Flagelo de Rkard. O corpo da rainha-feiticeira é totalmente consumido por uma gosma negra vazando da ponta quebrada.
Rikus de Tyr quebra a Flagelo de Rkard uma segunda vez, desta vez no focinho do Dragão. A espada novamente emite uma linfa negra que consome completamente Borys de Ebe.
Tithian usa a Lente Negra para libertar a substância de Rajaat da Esfera Negra, fazendo sua essência também ser libertada do Vazio. Após 2.000 anos de aprisionamento o Primeiro Feiticeiro está livre uma vez mais. Como resultado de sua fuga da prisão grande parte de Ur Draxa é destruída em uma grande explosão.
Nas ruínas de Ur Draxa Rajaat luta contra seus antigos Campeões. Ele aprisiona Andropinis de Balic no Negro, então pega a Lente Negra de Tectuktitlay de Draj e esmaga o crânio do rei-feiticeiro. Os Campeões restantes fogem enquanto Sadira rouba a Lente Negra e vai para o Círculo de Fogo.
Sadira de Tyr descobre que a chave para a derrota de Rajaat é sua sombra, que dá substância a ele. Usando a Lente Negra, o jovem Rkard invoca uma magia de sol multiplicando seu poder por dez. O brilho resultante oblitera a sombra de Rajaat e manda sua essência para o Vazio, enquanto seu corpo é cozido pelo calor da magia.
Estando em contato com a Lente Negra enquanto Rkard fazia sua magia, Tithian se torna magicamente conectado com o Negro e à natureza elemental de Rajaat. O resultado é Tithian se tornando a Tempestade Cerúlea. Sadira joga a Lente Negra e a Flagelo no Círculo de Fogo, colocando poderosas proteções ao redor dele para que ninguém possa libertar novamente o Primeiro Feiticeiro.
Enquanto a magia de Rkard ilumina o céu, um grande terremoto chacoalha a Região de Tyr. O epicentro do terremoto é a oeste dos Planaltos além das Montanhas Ressonantes. O terremoto resultante cria a Grande Fenda, uma passagem que leva à Savana Escarlate do Império Kreen.

Fúria do Deserto (Ano Livre 11)
O Andarilho descobre os halflings perdidos, os rhul-thraun, dos Penhascos Serrados.

Contemplação do Sacerdote (Ano Livre 12)
Após deixar os Penhascos Serrados, o Andarilho viaja para o norte e descobre o Último Mar. Lá ele descobre a bizarra terra dos Senhores da Mente.
A Coruscação se inicia, o Dia da Luz profetizado pelos drays quando o sangue de mil infiéis correria em rios aos pés de Dregoth. Este sinal leva ao início de uma nova era quando Dregoth será supremo.
Artigos



© 2003-2007 Dark Sun Brasil, Todos os Direitos Reservados
DARKSUN, DUNGEONS & DRAGONS, D&D e o logo DARKSUN, o logo da WIZARDS OF THE COAST e o logo D&D são marcas registradas possuídas pela Wizards of the Coast, Inc. (www.wizards.com), uma subsidiária da Hasbro, Inc.
Este site é a tradução do site reconhecido pela WotC como o Site Oficial de Dark Sun na internet (The Burnt World of Athas - www.athas.org). O conteúdo criado neste site oficial é para ser considerado trabalho derivado (como se baseado na propriedade intelectual possuída pela Wizards of the Coast). Isto significa que adendos criados por fãs (tais como novos net livros, aventuras, etc.) são conjuntamente possuídos pelo criador e pela Wizards of the Coast. Nenhum poderá fazer nada fora do site oficial sem a autorização do outro.